banner_dominicanas1 banner_dominicanas2 banner_dominicanas3 banner_dominicanas4 banner_dominicanas5 banner_dominicanas6 banner_dominicanas7

Memória dia 3 de junho 2016

Na oração de Laudes, no dia do Sagrado Coração de Jesus, fomos convidadas a contemplar a imagem do Sagrado Coração de Jesus que estava sobre o altar, imagem que foi resgatada da casa das nossas irmãs Mártires do Congo, porque representa para nós uma relíquia que nos une de uma maneira particular a elas, aos nossos antepassados, testemunhas vivas deste grande Amor de Deus para a humanidade. Também fomos convidadas a refletir sobre alguns números das nossas Constituições que nos falam da nossa identidade: Carisma e missão, que nos legaram os nossos Fundadores Ramón Zubieta e Ascensión Nicol. Ao ter em conta neste dia as nossas Constituições, queremos aprofundar no seu espírito, para não esquecer no trabalho de aprovação do Plano Capitular que faremos hoje, que é Jesus quem nos chama e conta conosco para a missão de proclamar o Evangelho e contribuir na construção do Reino, no amor e na esperança. Também com a meditação das nossas Constituições queremos louvar a Deus, pelo que fez por nós e por toda a Criação que colocou nas nossas mãos para cuidá-la. 

Na sala leram-se as saudações e cartas recebidas das irmãs que, com muita alegria e agradecimento, nos seguem animando nestes últimos dias do Capítulo.

Posteriormente, Marisa deu as indicações do dia, dizendo que primeiro se faria a leitura e revisão do Documento Final e os Acordos, para realizarmos a votação correspondente a estes documentos.

A leitura dos Documentos desenvolveu-se num clima de participação e diálogo, reafirmando os conteúdos plasmados nele.

Na última hora da tarde, terminamos com a votação do Plano Geral e dos Acordos Capitulares.  Informou-se que a avaliação vai ser realizada no sábado, num clima de oração, dando por terminadas as sessões do Capítulo 2016. No sábado à noite, depois do jantar vamos partilhar um espaço celebrativo e de festa junto com as irmãs da Comunidade de Acolhimento e as Comunidades de Arturo Soria, as quais nos trataram com muito carinho e estiveram sempre pendentes para oferecer-nos tudo o que necessitávamos.

No domingo, o Capítulo Geral será clausurado com uma Eucaristia Solene que partilharemos junto com todas as irmãs das Comunidades de Madrid e alguns convidados especiais.

Memória dia 28 de maio 2016

Na oração da manhã demos graças a Deus pelo novo Conselho Geral, pelos avances da planificação, pelo trabalhado nos três eixos que dinamizam a nossa vida e pela preocupação que temos da nossa missão na construção do Reino e no que queremos viver unidas e ajudando-nos mutuamente.

Iluminou-nos o texto da 1ª Carta de Pedro 4,10 “Que todas, como boas administradoras dos múltiplos dons de Deus, ponham ao serviço das demais a graça que receberam”. Como símbolo tínhamos um caminho onde que fomos colocando as pegadas que representam o trabalho realizado nos diferentes grupos, desejando que as irmãs do Conselho Geral acompanhem o processo, que será possível desde a nossa corresponsabilidade, cada irmã do Conselho Geral sinal do seu compromisso, colocou uma vela ao longo do caminho. Finalizamos com um salmo proclamado por todas.

Na sala iniciamos com a leitura das comunicações das comunidades e irmãs que se fazem presentes através das suas mensagens. Continuamos com as orientações que nos entregou Marisa a respeito da estrutura de documento capitular, centrando-o nos 3 eixos que vinham do Capítulo anterior. Marisa convidou-nos a realizar o plenário, aclarando-nos que si se apresentassem temas que merecem mais diálogo e estudo, serão retomados na 2ª Feira, para centrar-nos hoje no trabalhado pelos grupos:

No período da manhã vimos Espiritualidade, Comunidade e começamos com Criatividade Missionária e pela tarde continuamos o plenário com os Novos Estilos de Missão e Meios de Comunicação Social, temas incluídos em Criatividade Missionária e começamos a ver o Eixo de Inovação Estrutural, mas a última parte ficou para 2ª feira.

A revisão destes trabalhos propiciou um diálogo extenso para aclarar, reafirmar e definir.

Finalizamos com um cântico, dando graças pelo dia e tudo o que aconteceu durante este dia tão intenso de trabalho.

Breve Memória do dia 27 de maio 2016

Neste dia da quarta semana do Capítulo, iniciamos a manhã com a celebração da Eucaristia, presidida por Coadjutor da Paróquia de Santo Ireneu, missionário no Brasil, mas residindo atualmente temporalmente em Espanha a cuidar da sua mãe.

Todo o dia centrou-se no trabalho de grupos, revisando e afinando os conteúdos. Cada grupo terminou o trabalho com uma oração ao interior do mesmo.

No dia de amanhã trabalharemos em plenário. Durante todo este tempo poremos em comum o que os diferentes grupos trabalharam.

Agradecemos de coração todas as mensagens, saudações e orações de todas e cada uma das irmãs e comunidades, o nosso especial agradecimento pela dedicação e entrega de nossa Ir. Marisa Folgado, ao manter-nos informadas, mediante a informação diária da página web.

Memória dia 26 de maio 2016

Iniciamos o dia com a oração da manhã, iluminadas com o texto do evangelho de Marcos (10,46-52) onde destacamos algumas frases que nos convidava, a refletir: «Filho de David, tem compaixão de mim.» Jesus deteve-se e disse: «Chamai-o.»  «Ânimo, levanta-te, que te chama.» «Que queres que faça por ti?», «Mestre, que eu veja.» «Anda, a tua fé te salvou.» No mesmo momento recuperou a vista e o seguia pelo caminho.

Na sala, lemos as saudações que recebemos das Irmãs, comunidades e leigos que felicitavam ao novo Conselho Geral. A continuação a Ir. Begonha recordou a proposta de Javier Poveda, para realizarmos a simulação de percentagens de ingressos para as Províncias contribuírem este ano, até que entre em vigor o novo sistema administrativo que se definirá neste Capítulo. Sugere-se que o trabalhe uma equipa formada pelas Irmãs. Araceli, Kattia y Eneida, para apresentá-lo no momento em que retomemos o tema de economia.

Seguidamente, a Irmã Marisa Moresco iniciou a introdução ao trabalho de hoje, recordando a metodologia de rotação dos temas por grupos. Fizeram-se algumas propostas para melhorar a dinâmica do trabalho, e recordou que devemos ter presente o ponto de partida e de chegada.

Durante grande parte da manhã realizou-se o trabalho em grupos, finalizando com o plenário antes do almoço.

No período da tarde seguiu-se a mesma dinâmica de trabalho em grupos e plenário, sentindo-se que já se vão perfilando os elementos que vão a constituir o nosso novo Plano Geral. Foi um trabalho intenso e se notava nas irmãs o cansaço, mas também, a satisfação do trabalho realizado.

 Seguiremos amanhã com a mesma dinâmica.

 

Fotogalerias

Bairro 6 de Maio
Casa Provincial
Colégio Flori
Capítulo
Fundadores
Moçambique
Mocambizade
Peregrinação Fátima
Retratos de Família
Semana Santa Moçambique