banner_dominicanas1 banner_dominicanas2 banner_dominicanas3 banner_dominicanas4 banner_dominicanas5 banner_dominicanas6 banner_dominicanas7

Carta às comunidades Santa Catarina de Sena

Muito queridas Irmãs

Ainda estamos a celebrar a festa das Festas ‘’ A Páscoa’’ O encontro com Jesus ressuscitado é um presente. Os discípulos não fazem nada para que aconteça. Os relatos insistem em que é Jesus quem toma a iniciativa. Ele é quem se lhe impõe cheio de vida, obrigando-os a sair do seu desconcerto e incredulidade. Coloca-se repetidamente nos seus lábios uma saudação significativa ‘’a paz esteja convosco”.

O ressuscitado dá-lhes a paz e a bênção de Deus. Jesus continua a ser Ele mesmo. Essa era a paz que infundia quando caminhava pela Galileia. Este é também agora o grande presente que Deus oferece a todos os seus filhos e filhas por meio de Cristo morto e ressuscitado: o perdão, a paz e a ressurreição.

 

O dia 29 de Abril aproxima-se. É neste dia que celebramos a vida de uma das mulheres que marcaram profundamente a história da Igreja: Santa Catarina de Sena. Reconhecida como Doutora da Igreja, era de uma enorme e pobre família de Sena, na Itália, onde nasceu em 1347.

Mulher de paz e medianeira de paz e da reconciliação.

A época em que viveu Catarina é muito conturbada por guerras, desavenças, pestes e crises. Catarina mulher atenta aos desafios, exerce um ministério exemplar de reconciliação. Está mesmo pronta a dar a vida por essa causa, como repete: Pela paz, se eu pudesse, daria mil vezes a vida. Apesar de ser mulher, ultrapassou as barreiras da sua casa familiar, da sua cidade natal e avançou para centros de combate, onde os estados italianos viviam em permanente guerra entre si e com os Estados Pontifícios. Muitas foram as cartas que escreveu para restabelecer a paz e a reconciliação. Muitas foram as embaixadas de paz que organizou e orientou para trazer a reconciliação e a paz.

A nosso mundo de hoje vive as mesmas circunstancias que na época em que viveu Catarina. Os vários conflitos que atingem a humanidade, temos um mundo ‘’dividido pela ganância de quem procura lucros fáceis e ‘’ferido pelo egoísmo que ameaça a vida humana e a família, em pleno século XXI. Que a fé em Jesus ressuscitado ajude a transformar ‘’a morte em vida’’.

Face  ao que hoje se vive num mundo materialista, onde o ter é o que conta, é vital que nos preocupemos com a missão, como evangelizar!!! Não devemos perder de vista que sem oração, sem vida comum e sem estudo não há missão que se aguente. Poderemos fazer muitas coisas, mas faremos coisas sem o sabor do sal.

Que os nossos Padres Fundadores mantenham vivo em nós a chama do Carisma e Maria nossa Mãe nos ajude a ser como Ela. Simples, humilde, contemplativa e sensíveis fortes ante o sofrimento, e fieis à missão que nos foi confiada.

Muitos Parabéns neste dia de Santa Catarina de Sena.

Fraternalmente.

Lisboa, 13 de Abril de 2013

Irmã Adelaide Varanda

Fotogalerias

Bairro 6 de Maio
Colégio Flori
Exposição missionária
Festa padroeiro
Capítulo
Fundadores
Moçambique
Mocambizade
Peregrinação Fátima
Semana Santa Moçambique