banner_dominicanas1 banner_dominicanas2 banner_dominicanas3 banner_dominicanas4 banner_dominicanas5 banner_dominicanas6 banner_dominicanas7

PARTICIPAÇÃO NA SAGRAÇÃO DE D. CLÁUDIO

Muito queridas TODAS:

Aproveito para escrever em conjunto umas palavrinhas para vos partilhar a nossa participação na Sagração e tomada de posse do nosso amigo e irmão P. Cláudio, hoje Arcebispo da Beira.

Quando algum tempo atrás recebemos a notícia de que o nosso amigo P. Cláudio, Dehoniano, tinha sido escolhido para Arcebispo da Beira, acolhemo-la com um misto de alegria e também tristeza. Mas porque o conhecemos, sabemos que vai ser um bom pastor.

 

As MDR tivemos um privilégio quase único porque como nos contaram as nossas irmãs de Maputo e Mahotas, na sua passagem por Maputo lhes dedicou duas horas de tempo! Talvez elas também o tenham partilhado, mas o eco que nos chegou foi de que tinham ficado edificadas com o processo de fé que viveu depois de ter sido escolhido até hoje.

Daqui de Quelimane fomos um grupo de 6 irmãs, em representação das Religiosas da Diocese. Das MDR foi Blandina e eu. Foram 9 horas de caminho daqui até à Beira, em transporte público, mas valeu a pena!

Realmente desde o primeiro momento ficámos edificadas pela forma como estavam bem organizados os Missionários e cristãos da Diocese da Beira. A todos e cada um dos que chegávamos das diferentes Províncias, nos davam o seu melhor acolhimento e atenção. A nós nos foram dar o almoço nada menos do que no Paço do Bispo. E com tanta sorte, que mesmo antes de almoçar, no sábado, nos encontrarmos com o nosso amigo Cláudio! A alegria foi mútua e ali conhecemos o pároco dinâmico e simpático da sua terra natal Itália e as suas irmãs, sobretudo aquela que conhecíamos pois tinha vindo visitar o irmão quando ele estava cá. Logo me reconheceu e eu a ela.

Como sabeis, ele era agora o Vigário geral da sua Congregação. Ali mesmo nos partilhou de uma forma simples como recebeu a notícia. E como num curto espaço de tempo viu a sua vida mudada completamente Roma parece que não costuma dar muito tempo para a pessoa responder, pois quando chama o candidato já antes conhece com perfeição a vida do mesmo! E com ele aconteceu isso mesmo, ali mesmo deu o seu sim, porque a forma como lhe chegou a "chamada", com o ele dizia, só podia entendê-la como vindo do Espírito e foi a Ele que se entregou e confiou. Foi esta convicção e fé forte que ele expressou na bonita e profunda mensagem que fez aos cristãos na Eucaristia. A nós admirou-nos a sua serenidade em toda a Celebração. Quando estava sentado vimo-lo sempre numa atitude de escuta atenta e serena, com os pés bem apoiados no chão e as mãos tranquilas sobre os joelhos. Só ao levantar-se depois das Ladainhas se notava a sua emoção e também quando se dirigiu à sua família em Italiano e agradecia o testemunho dos seus pais. As suas irmãs e irmãos estavam muito emocionados.

Pensamos que a sua mensagem calou igualmente fundo no povo cristão da Beira pois a eles se dirigiu em Sena e em Ndau, pelo que foi aclamado com palmas e "mikulunguanas" que não terminavam!

Liturgicamente foi uma verdadeira Celebração de fé e de festa, tanto as danças, como os cantos foram mesmo uma maravilha, que nunca deixamos de apreciar, mesmo as que levamos aqui muitos anos.

Seguiu-se o almoço bem suculento e depois a parte recreativa que teve também a sua criatividade e a participação de todos os grupos representativos da Diocese, onde se destacaram a Infância missionária, um mundo de crianças que na Celebração animaram e coloriram o ambiente com as suas fardas das distintas cores e lenços a abanar...
E para as manas quelimanenses, dizer-vos que esteve presente nada menos que o edil de Quelimane, Manuel Araújo e sua esposa! Como é muito querido das nossas gentes, forma muitos e muitas que logo que o viram chegar o foram abraçar! E claro lá estava todo o poder político da Beira, Daviz Simango e Governador, além de muitos outros. Ele também se dirigiu a estes, dizendo que estava disponível para lutar juntos pelo direito e pela justiça, pois como dizia o lema que escolheu tirado do Bom Pastor: "Eu vim para dar a vida"...

E para verdes como é o novo Arcebispo, já marcou com os Missionários e Missionárias e Agentes de Pastoral um próximo encontro para a próxima 4ª feira! Como dizem por aqui: "ele não dorme em serviço"!!!
Enfim irmãs dizer-vos que tanto Blandina como eu, nos consideramos privilegiadas por termos testemunhado e nos o fizemos também como representantes da amizade que nos liga a D. Cláudio, que já nos prometeu uma visita em Novembro, quando vier a fazer Crismas a Caia, embora sejam muitos quilómetros.

E fica só o espaço para enviar a cada uma um abraço com o carinho e amizade de sempre.

Inocência

Fotogalerias

Bairro 6 de Maio
Casa Provincial
Colégio Flori
Capítulo
Fundadores
Moçambique
Mocambizade
Peregrinação Fátima
Retratos de Família
Semana Santa Moçambique