banner_dominicanas1 banner_dominicanas2 banner_dominicanas3 banner_dominicanas4 banner_dominicanas5 banner_dominicanas6 banner_dominicanas7

RESUMO DO ENCONTRO Nº. 56

No dia 5 de outubro do ano em curso teve lugar, em Fátima, o Encontro Nº. 56 do GRUPO LEIGOS EM ASCENSÃO (LEA) e estiveram presentes: Fátima, Ana Palmar, Helena Vicente, Tó, Maria da Conceição (Bia), Arminda, Rita e Sílvio (com a Camila, Guiomar e Aurora) e as Irmãs Inocência, Idalina e Deolinda. Também de referir, para lhe agradecer, o Nuno Remédio que fez o favor de levar o Grupo de Lisboa a Fátima e, embora durante o dia não estivesse connosco, esteve nos momentos das refeições e de convívio.

Todos os ausentes foram lembrados um a um, e foram apresentadas as justificações que motivou a sua ausência.

Apesar de poucos, o Encontro, no meu entender e sentir, foi muito bom, pois houve longos momentos de reflexão e partilha muito bons e profundos, começando logo no momento da partilha de notícias. Destas destaco, por se referir a alguém exterior ao Grupo, a visita do Papa Francisco a Moçambique e a partilha de como está a crescer, de modo surpreendente, em Moçambique, a Família Dominicana, sobretudo a ligada às Missionárias Dominicanas do Rosário. Ambas as notícias nos foram partilhadas pela Ir. Inocência, que falou com muito entusiasmo e convicção, tanto mais que ela acompanhou e acompanha bem por dentro, as duas realidades. É já fácil de se sentir que a presença da Ir. Inocência neste Encontro, foi, durante todo o dia, uma grande mais valia.

Estando nós no mês de Outubro, os temas da nossa oração, não poderiam ser outros senão a Oração do Terço (Mês do Rosário), a MISSÃO a que todo o cristão batizado está comprometido – pois ou se é um cristão missionário, ou não se é cristão – (o mês de Outubro de 2019 foi declarado, pelo Papa Francisco, Mês extraordinário da Missão), e o 101º. Aniversário da Fundação das Missionárias Dominicanas do Rosário, que ocorre, precisamente hoje, dia 5.10. Houve reflexões e partilhas muito interessantes e profundas, sobretudo em relação aos dois primeiros temas, o que fez com que a nossa oração durasse, praticamente, até ao almoço. Com relação à Missão, foi feito o apelo a que todos estivessem atentos às ações e programas que haja nos locais/Paróquias, Dioceses, de cada um e informou-se que os Bispos Portugueses nos convocam a todos, no próximo dia 20.10, DIA MUNDIAL DAS MISSÕES, a participar na grande Peregrinação Missionária e Nacional, a Fátima.

A parte da tarde começou com a apresentação/acolhimento do membro mais pequenino do Grupo, a CAMILA, acompanhada, claro, pelos seus Pais e Manas. É de ressaltar a presença destas duas manas, pois já sabem, como elas dão vida ao Grupo.

Passamos depois à reflexão do momento do OFERTÓRIO, - Eucaristia – preparado pela Ana Palmar. Era impossível não se começar pela experiência que ela teve, relativamente aos Ofertórios, em Moçambique, que nada têm a ver com as nossas celebrações. Esta partilha e reflexão fez-nos sentir, que nós somos demasiado passivos, cómodos, inexpressivos, nas nossas celebrações, concretamente no momento do Ofertório e isso em nada ajuda/motiva a trazermos ao altar os instrumentos, os símbolos da realidade da nossa vida concreta do dia a dia, e não nos motiva a oferecer-nos a nós mesmos, juntamente com a oferta do Pão e do Vinho, que vão ser consagrados no Corpo e Sangue de Jesus.

Foi lembrado, uma vez mais, que no fim de refletirmos nos momentos principais da Eucaristia, é nossa intenção e desejo celebrarmos uma Eucaristia para e no Grupo, preparada por todos nós.

Fizemos depois uma avaliação do Grupo, seguindo a metodologia que as cartas às 7 Igrejas do Apocalipse seguem: 1º. Sei que têm de bom (aqui foram partilhadas as muitas coisas boas do Grupo Leigos em Ascensão e que nós conhecemos. Mas foi muito bom ouvir a nomeação das mesmas); 2º. Mas sei que também há coisas menos boas (aqui disse-se da dificuldade das distâncias geográficas, que dificulta muitos aspetos, inclusivamente a variedade dos locais dos Encontros; o facto de não haver compromissos concretos do e como Grupo: exemplo, teria sido normal que, por ocasião dos Ciclones que ocorreram em Moçambique, tivéssemos tido, como Grupo, um gesto, nem que fosse simbólico, de solidariedade e de presença; falou-se ainda, que sendo nós, fundamentalmente, um Grupo de Leigos deviam ser eles a orientar, a preparar, a conduzir o Grupo). 3º. Por isso devemos fazer!.. (Viu-se que o Grupo, além de ter a dimensão, muito dominicana da reflexão, do estudo, do aprofundamento da Fé, deve assumir em cada Encontro, em cada ano, ou noutro período se se achasse conveniente, algum compromisso; decidiu-se, ainda que os dois próximos Encontros serão assumidos totalmente, pela Rita Figueirinhas e o seguinte pela Ana Palmar)

Posto tudo isto – e não dirão que não trabalhamos! – decidiu-se que:

.Dia 25 de Janeiro de 2020, haverá um encontro, em Fátima e será todo ele preparado pela Rita, pelo Sílvio e pelas filhas, que prepararão, os momentos da Missa, desde o Santo até antes da Comunhão. Quanto à Consagração e oração Eucarística, deverão ver com a Lena Amado, pois esta já terá preparado algo.

. Dia 23 de Maio será o outro Encontro, também em Fátima e será preparado pela Ana Palmar que nos  Ajudará  a refletir desde a Comunhão até ao final da Missa.

Depois duma pequena oração Missionária foi o nosso lanche – muito bom e abundante, como sempre – e a despedida

 

Fátima, 5 de outubro de 2019

Ir. Deolinda

Fotogalerias

Bairro 6 de Maio
Colégio Flori
Exposição missionária
Festa padroeiro
Capítulo
Fundadores
Moçambique
Mocambizade
Peregrinação Fátima
Semana Santa Moçambique