banner_dominicanas1 banner_dominicanas2 banner_dominicanas3 banner_dominicanas4 banner_dominicanas5 banner_dominicanas6 banner_dominicanas7

Resumo do encontro Nº 45

O Encontro nº 45 teve lugar, em Fátima, na casa de Retiros de Nossa Senhora do Carmo, no dia 18 de junho de 2016. Estiveram presentes: Rita, Sílvio e as filhas Aurora e  Guiomar (que está prestes a nascer). O Tó, a Amélia e o Fernando; o Sr. José, a Lena e a Ana Margarida; a Ana Miranda, Daniela e as Irmãs Mafalda e Deolinda. Muitos outros justificaram a sua ausência.

 

Foi uma alegria ver a Ana Miranda que, por motivos de saúde, não tem podido vir aos últimos encontros e, também, porque fazia anos neste dia. Cantamos-lhe com muita alegria os Parabéns, demos-lhe uma prenda, em nome do Grupo LEA e, sobretudo, oferecemos a nossa oração, para que o Senhor lhe conceda saúde, pois esta teima em não chegar.

O momento da partilha de notícias é sempre bom, pois sabemos uns dos outros. Das partilhas feitas destaca-se a notícia dada pelo Tó, relativa ao casamento do seu neto, que vai ter lugar, em breve, na Inglaterra; o reconhecimento, com a entrega de trofeus, bem merecidos, que o setor do ciclismo tem atribuído, ao Sr. José; a notícia dada pela Amélia e Fernando de que o seu filho João anda por esses mundos de Deus a pilotar um navio, o que lhe era exigido para poder completar o seu curso; a Ana Margarida comunicou-nos que o Luciano tinha conseguido, por fim, trabalho e que ela tinha vendido a sua casa e estava, provisoriamente, numa outra. (Peço desculpa se omiti alguma partilha significativa).

Seguiu-se o momento de oração, preparado, e muito bem, pela Amélia, na qual se incluiu a entrega, à Ir. Mafalda, das Dezenas e/ou Terços. Foi um momento muito bonito que foi filmado pelo Sílvio. Quase todos os presentes tinham preparado - e sentia-se que o fizeram com muito carinho e cuidado – uma ou várias Dezenas/Terços e escreveram lindas mensagens que foram lidas. Inclusivamente algumas pessoas que não puderam vir ao Encontro, e até pessoas que não pertencem ao Grupo, mandaram o que tinham preparado. Apesar de terem sido bastantes os que foram entregues, não chegam, de modo nenhum, para se dar um a cada membro da Família Dominicana de Moçambique que em breve se vai reunir. Por esta razão e porque o Terço é uma oferta que o povo moçambicano muito agradece, foi sugerido que quem quiser continue esta Campanha. De salientar que algumas dessas ofertas foram feitas pelas próprias pessoas, outras foram “desprendimentos” que a pessoa quis fazer e ainda outros tinham histórias bonitas e cheias de simbolismo.

A seguir a Ir. Mafalda fez uma breve apresentação do que foi o Capítulo Geral das Irmãs Missionárias Dominicanas do Rosário, acabado de terminar e no qual ela participou (nº de Irmãs participantes, notas dominantes, como a dimensão da universalidade, a dinâmica e orgânica, os principais temas, - Governo e Economia/Administração -, a presença e o apoio técnico de vários Leigos, oradores, etc., etc.).

 Após esta apresentação geral, a Ir. Mafalda orientou a reflexão em torno ao tema, também ele refletido no referido Capítulo Geral e que tem a ver com a missão e o lugar dos LEIGOS na sociedade e na Igreja, acabando depois por nos centrarmos no nosso Grupo LEA, que tem como Missão colaborar na Missão das Missionárias Dominicanas do Rosário. Todo este tema, que foi o principal do Encontro, despertou muito interesse, diálogo, perguntas, etc. Foi deixado o seguinte desafio ao Grupo: “Que situações da missão encontramos hoje à nossa volta? Onde posso pôr o meu grãozinho?”

A propósito da celebração dos 800 anos da fundação da Ordem dos Pregadores tinha sido sugerido, no Encontro anterior, que se aprofundasse quais os rasgos dominicanos que deveríamos aprofundar e implementar hoje. Assim foi dado a cada um dos presentes um livro sobre S. Domingos e a todos foi feito – sorteado - um desafio a cumprir depois de lerem o referido livro. A apresentação do trabalho qua a cada um toca preparar, será apresentado no próximo Encontro. Alguns dos presentes levaram mais livros para lançarem o mesmo desafio a outras pessoas que não puderam estar presentes e até a pessoas que não são do grupo. Vamos ver como corre!

Finalmente trataram-se assuntos práticos relativos ao Grupo: a necessidade de se adaptar a lista de quem envia a mensagem semanal, devido ao facto de haver nela gente que nunca manda mensagens, embora estas se mandem na mesma para todos os que já fizeram parte do Grupo. Este serviço foi pedido à Ana Margarida; o Tó informou que o saldo atual do Grupo são € 366,10;marcou-se o próximo Encontro para o dia 8 de Outubro, em Fátima, para facilitar a participação do Sílvio, da Rita, da Aurora e da Guiomar que, se tudo correr como o previsto, ainda não terá completado os 3 meses de idade. A ida à Casa dos Afetos, sugerido pela Fátima, terá que ficar para a vez seguinte. Finalmente a Ir. Mafalda, depois de contar os donativos recebidos, para ajuda do Encontro dos Leigos de Moçambique, comunicou que já havia a quantia de 205€. Esta Campanha continua em aberto, pois é mesmo muito precisa a ajuda económica para que se possa concretizar o Encontro dos Leigos dominicanos de Moçambique.

Fátima, 18 de junho de 2016

 

Ir. Deolinda

Fotogalerias

Bairro 6 de Maio
Casa Provincial
Colégio Flori
Capítulo
Fundadores
Moçambique
Mocambizade
Peregrinação Fátima
Retratos de Família
Semana Santa Moçambique